Guarda Noturno Madeira

Paulo Alves - Zona 2, Sé / S. Pedro

Portaria 991/2009 - Regulamenta o fardamento oficial do Guarda Noturno

Com a publicação do Decreto-Lei n.º 114/2008, de 1 de Julho, foram consagradas medidas tendentes a permitir uma resposta mais eficaz por parte de quem exerce a actividade de guarda -nocturno, sendo também efectuadas alterações pontuais quanto aos requisitos e condições do exercício da profissão.

Adoptaram -se critérios precisos no respeitante agrave; identificação dos guardas noturnos e criou -se o registo nacional de guardas -nocturnos.

Importa agora estabelecer os requisitos gerais e específicos da rede nacional de guardas noturnos e dos modelos de uniforme, crachá e identificadores, a usar no exercício dessa actividade.
 
 
 

 

Definição de Guarda-Noturno

O Guarda Noturno é um elemento auxiliar das forças de segurança revestido de autoridade durante o exercicio da sua actividade e visa proteger pessoas e bens na via pública.

Os guardas noturnos prestam um serviço público, devidamente uniformizados e armados, sob tutela do posto ou esquadra local, da Guarda Nacional Republicana ou da Polícia de Segurança Pública.

O guarda noturno não é um orgão de policia criminal, ou seja, não é um agente da PSP, nem um agente da GNR, nem de qualquer outra força de segurança.

Só existe uma categoria profissional na actividade de guarda noturno, que é a categoria de Guarda-Noturno, não existe nem nunca existiu a categoria de Chefe de Guarda-Noturno, existe, isso sim, os delegados das associações profissionais que representam os guardas noturnos seus associados mas que não os chefiam, sendo que cada guarda noturno é o responsavel máximo da sua actividade na sua zona de actuação, existindo apenas um guarda noturno por zona, devidamente licenciado, e as zonas nunca se sobrepóem.

Ler mais: Definição de Guarda-Noturno

Regulamento do Licenciamento e Fiscalização da Atividade de Guarda- Noturno no Município do Funchal

Faça download do documento completo aqui.

O Decreto-Lei n.º 264/2002, de 25 de novembro, transferiu para as Câmaras Municipais um conjunto de competências anteriormente cometidas aos Governos Civis, mormente no âmbito de matérias consultivas, informativas e de licenciamento.

Como corolário e desenvolvimento do citado diploma, emanou-se o Decreto-Lei nº 310/2002, de 18 de dezembro, que veio estabelecer o regime jurídico a que deverá obedecer o exercício e fiscalização daquelas atividades.

Ler mais: Regulamento do Licenciamento e Fiscalização da Atividade de Guarda- Noturno no Município do Funchal

Visitantes

536537
Foto 2011
Foto 2021

Contatos

Paulo Alves
Guarda Noturno
Madeira Portugal
Mobile: 927 254 576
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
www.gnmadeira.com

Parceiros