Guarda Noturno Madeira

Paulo Alves - Zona 2, Sé / S. Pedro

Carta aos contribuintes

Eu, guarda noturno Paulo Alves, venho por este meio esclarecer mais uma vez os meus contribuintes em particular e não só, que durante o meu turno habitual, há uma série de fatores que podem ocorrer tais, como intervenções para dar apoio a algum contribuinte, evitar furtos, avarias de viatura do guarda noturno, apoio à própria Policia de Segurança Pública, entre muitas outras situações.

Mas, e no que a mim diz respeito, todas estas situações que podem surgir no decorrer do serviço são relatadas em primeiro lugar ao graduado de serviço da esquadra, e posteriormente e para que não haja qualquer dúvida durante o próprio dia envio também um relatório do sucedido ao comandante da esquadra.

Devo no entanto relembrar e falando na minha zona em concreto (zona 2) e dos meus contribuintes, que todo o serviço que faço na minha zona independentemente das situações que possam ocorrer é monitorizado e acompanhado por mais de uma centena de camaras de videovigilância. Como tal, é fácil para os meus contribuintes constatarem todos os dias ou quase todos os dias (exceto férias e folgas) a que horas é que as respetivas rondas foram efetuadas, sendo para mim este fator uma mais-valia para o meu serviço e uma garantia para os meus contribuintes de que as rondas são efetuadas conforme o acordado.

Não sei se nas restantes zonas o serviço é efetuado nestes moldes, certo é que são cada vez mais os exemplos que tenho na minha zona, de contribuintes meus que acabam por abrir negócios noutras zonas e por razões que só os próprios podem responder não chegam aderir ao serviço do guarda noturno nessas zonas.

O exemplo mais flagrante que tenho é o fato de ter pelo menos dois contribuintes da minha zona (2) que desde o inicio aderiram ao serviço de guarda noturno, e por conseguinte acabaram por abrir mais dois espaços comerciais desta feita na zona 1 e por razões que só os próprios o podem explicar nunca chegaram a aderir ao serviço do guarda noturno da zona em questão (zona 1).

Estou cada vez mais convencido que o esforço e o empenho que tenho dado a esta profissão compensa e os retornos estão á vista, e acho que para quem tem intenções de permanecer nesta atividade profissional por mais alguns largos anos deveria seguir o exemplo, e não passar o tempo a pensar em manobras ou estratégias para prejudicar ou difamar o guarda noturno Paulo Alves, por não ter o mesmo sucesso profissional, traduzido no número de contribuintes que tem.

Outro fator que tenho e devo esclarecer que sempre que haja ou se houver algum dia abertura de concurso para  guardas noturnos seja em que Municipio for tem que ser publicado o edital num meio de comunicação social da região (Jornal da Madeira ou Diário de Noticias).

Caso tal não aconteça, como até á presente data nada foi publicado, tudo o que se possa dizer não passa de boatos e rumores sem qualquer fundamento ou veracidade.

Seria excelente, se nos Municipios que ainda não abriram concurso, tal fosse uma realidade, até lá resta esperar para que um dia tal seja possível concretizar.

 

Visitantes

536536
Foto 2011
Foto 2021

Contatos

Paulo Alves
Guarda Noturno
Madeira Portugal
Mobile: 927 254 576
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
www.gnmadeira.com

Parceiros